História do Leite Condensado

14

Escrito por admin | Publicado em História do Leite Condensado | 13-01-2008

Tags:, , , , , ,

Milkmaid

O Leite Condensado surgiu quando o norte-americano Gail Borden, tentando desidratar o leite comum, descobriu que, antes de transformar-se em leite em pó, o produto se tranformava em leite condensado.

A invenção de Borden, patenteada em 1856, só foi valorizada quando estourou a Guerra Civil Americana, quatro anos depois. Transportando leite em pó e leite condensado para as tropas – e depois colocando esses produtos no mercado – Gail Borden ficou rico.

O leite condensado comercial possui uma alta adição de açúcar, mas existe variades in natura que é o leite evaporado, e não contém açúcar.

Possui como ingredientes em sua composição: leite integral, açúcar, leite em pó integral e lactose.

Leite condensado é o ingrediente principal do Brigadeiro (doce).

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Leite_condensadoHistória do Leite Condensado

________________________________________________________________________

Na Guerra de Secessão nos EUA (1861 – 1865) o leite consumido pelos combatentes no ”Front”,era levado através de tração animal o que era um problema, pois o leite estragava-se no transporte. O calor aumenta a pericibilidade do leite, e precisavam achar uma maneira de levar o leite do quartel até o front de batalha sem que ele estragasse.

A solução encontrada foi mudar o ”ph” do produto, já que em índices mais baixos (ácido) o leite se conservaria por mais tempo. As vantagens obtidas foram: maior tempo de conservação do produto, o leite tornou-se mais energético e o custo do produto permaneceu baixo.

Estava inventado, acidentalmente, o leite condensado. O produto não havia sido patenteado.

Produção e Comercialização

Só depois surge a primeira indústria criada especialmente para a produção comercial do leite condensado. A ”Anglo-Swiss Condensed Milk” (1866), que acabou gerando o nome do gênero do produto.

Então em 1873 a Nestlé (Suíça) adquiri a ”Anglo-Swiss” e passa a produzir e comercializar o Leite Condensado em todo o mundo.
Propaganda do Leite Condensado

Primeira Fábrica Nestlé no Brasil (1921 Araras-SP)

1o. Produto: Leite Condensado Moça.

Durante cerca de 50 anos a Nestlé não teve concorrência para o ”Leite Condensado Moça” no Brasil.

Mudança do ”Market Share” no Brasil já na década de 80 do leite condensado:

Nestlé – 60% do mercado
Mococa – 25% do mercado
Glória – 15% do mercado

Estratégias da Nestlé

A primeira reação estratégica da Nestlé foi o lançamento do leite condensado em sabores. Sabor chocolate e café (1980) que foi um fracasso devido à inversão do conceito de uso alternativo praticado pelo consumidor. Pois comprando o Leite Condensado Tradicional o consumidor poderia adicionar sabores ou não, assim teria mais opção.

A segunda reação estratégica da Nestlé foi a embalagem alternativa Bisnaga em 1985. Com esse produto não seria mais necessário abridor, colher e teria apenas uma tampa. O problema foi que o consumidor caracterizou o produto apenas por ”modismo”. Semelhante a outros produtos, o desuso sempre chega logo.

Foi feita então uma pesquisa pela Nestlé para saber as principais formas de consumo do Leite Condensado. E tiveram como resultado: adoçante (substituindo o açúcar); em ”natura” (bebido como leite condensado); em ”batidas” (para adocicar e dar cremosidade em bebidas); em salada de frutas (substituindo o chantilly) ou como matéria-prima para a produção de doces,coberturas e recheios (principal aplicação).

A terceira reação estratégica da Nestlé que foi o lançamento da linha ”Moça Fiesta” em Agosto/1988, como alternativa para o consumo de produtos acabados (doces caseiros e coberturas/recheios) que utilizam o leite condensado como matéria-prima. Foi um sucesso.

Essa terceira estratégia além de ter sido um sucesso por ser um produto novo no mercado, facilitar a vida das pessoas com receitas no verso e mesclar produtos da própria Nestlé; alavancou os lucros da empresa devido ao auto-fornecimento (Nestlé passa a ser fornecedora de si mesma para outra linha de produtos dela própria). Chamado de Mercados Complementares, na medida em que crescem as vendas de ”Moça Fiesta”, se verifica também um crescimento das ”vendas” (indireta) do leite Moça.

Fonte: loucoespm.blog.uol.com.br/

________________________________________________________________________

Milkmaid – O Leite da Moça

A história do leite condensado começou em 1867 quando o americano George H. Page, proprietário da empresa Anglo Swiss Condensed Milk iniciou na cidade de Cham na Suíça, a fabricação de leite condensado, utilizando o leite abundante e de boa qualidade produzido no país. A Sociedade Nestlé, por sua vez, iniciou a fabricação de leite condensado logo a seguir. Essa concorrência entre as duas empresas terminaria em 1905, numa fusão que deu origem a Nestlé e a Anglo Swiss Condensed Milk Co. A jovem com trajes típicos que aparecia nos rótulos das embalagems era uma camponesa suíça do século XIX. Naquela época, o leite condensado mais popular da Suíça tinha a marca La Laitière, que significa “vendedora de leite”. Quando esse leite foi exportado para outros países, procurou-se um nome equivalente na língua de cada região para onde o produto foi levado, nome sempre associado à figura da camponesa típica com os baldes de leite. Em espanhol, por exemplo, foi adotada a marca La Lechera. Os primeiros carregamentos de leite condensado chegaram ao Brasil em 1890 e era uma alternativa ao leite fresco, cujo abastecimento era problemático. O produto da The Nestlé and Anglo Swiss Condensed Milk Company era vendido nas drogarias e, inicialmente, seu nome era Milkmaid. Mas as pessoas tinham dificuldade para pronunciar esse nome e passaram a chamar o produto de o “leite da moça”, referindo-se à ilustração da camponesa. A princípio utilizado como bebida (reconstituído com água), o leite condensado podia ser armazenado por muito tempo, o que era importante em períodos de escassez.

Leite MoçaQuando a Nestlé abriu sua primeira fábrica no país, em 1921, na cidade de Araras, em São Paulo, e começou a produzir o produto, optou pelo nome criado espontaneamente, Leite Moça. Somente durante a Segunda Guerra Mundial donas de casa passaram a utilizá-lo em doces e sobremesas. Em 1955, o rótulo de Leite Moça, em sua parte traseira, passou a indicar o produto para uso culinário ou doméstico na preparação de diversos pratos. No ano de 1962, o rótulo do produto trazia suas primeiras receitas: Pudim e Doce de leite. Em 2001 ocorreu o lançamento do Leite Moça Desnatado. Três anos mais tarde, pela primeira vez em sua história, a lata do produto foi modificada, ganhando um visual moderno e cheio de curvas. Antes víamos a figura de uma moça comportada, até meio apagada. Hoje a coisa mudou totalmente: a senhorita ganhou traços mais definidos e, por que não dizer, uma certa sensualidade.

Você Sabia?

* O Leite Moça é uma das marcas mais queridas e apreciadas pelos consumidores de todo Brasil. Presente na maioria dos lares, o produto virou sinônimo de categoria e sua marca tornou-se uma das mais fortes entre os produtos alimentícios no Brasil. É a marca que mais investe em marketing e comunicação na categoria de leite condensado, sendo também o que mais inova e difunde os diversos e deliciosos usos do produto.